26 de mar de 2014

A maquiagem acabou. O que faço com a embalagem?



É sempre triste quando aquele rímel maravilhoso que trouxemos do exterior acaba. E pior ainda quando vence sem termos usado tudo, porque ficamos economizando e guardando para ocasiões especiais. Na hora de jogar o que sobrous fora, sempre surge aquela confusão: o que fazer com a embalagem? Às vezes, é tão pequeninha que não parece fazer diferença. Mas precisamos lembrar que aquela é uma embalagem de milhões, e que nunca jogamos nada fora – jogamos sempre dentro do nosso planeta.

Primeiro de tudo, tente deixar a embalagem o mais limpa possível. Se o produto expirou, é porque algo ali dentro parou de fazer bem, certo? Muitos componentes da maquiagem podem ser nocivos ao meio ambiente, e contaminar o lixo que for descartado com aquele rímel inocente.

Uma vez limpa, veja se a embalagem é reciclável – além de não contribuir para as pilhas de lixo que são produzidas diariamente, reciclando você ajuda a poupar material usado na produção de outras coisas. Reciclar fica ainda mais fácil se a embalagem for feita de peças montadas: mesmo que uma parte ainda tenha um restinho de maquiagem, a outra pode ser reciclada sem problemas!

O importante é nunca, em hipótese alguma, jogar os restos no vaso sanitário, porque química dos produtos pode contaminar a água. Mesmo que você não recicle e a embalagem acabe em um aterro sanitário, lá há várias camadas de plástico forrando o chão, impedindo que quaisquer substâncias tóxicas contaminem o lençol freático da região.

Gelma Reis, proprietário da empresa de consultoria em engenharia ambiental Ética Ambiental, ressalta que ainda mais importante do que reciclar é reduzir. E uma maneira simples de fazer isso é comprando produtos que tenham refil:

“Poucas empresas de cosméticos cuidam do descarte de seus produtos depois do uso. Mas muitas já trabalham com o sistema de refil, que reduz a quantidade de matéria-prima usada na embalagem. Além de ser ecológico, o refil do produto ainda custa menos para o consumidor – ou seja, todo mundo sai ganhando.”

Além de seguir essas recomendações, procure ver se a empresa tem algum código de ética ambiental e se importa com o meio ambiente. Não vale a pena sair linda num mundo feio!

Um comentário:

  1. Nossa eu simplesmente amei esse post! Estou na blogosfera desde 2008 e nunca ninguém usou esse tema! ADOREI! http://martaeunice.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir